CÓDIGO: LEUCO
EXAME: LEUCOGRAMA
SINÔNIMOS: ACSB, ANÁLISE CITOMORFOLÓGICA – SÉRIE BRANCA

MATERIAL: SANGUE TOTAL
MEIO(S) DE COLETA: Tubo com EDTA (roxo)

PRAZO: 2 dias úteis
MÉTODO: RESISTIVIDADE – IMPEDÂNCIA – MICROSCOPIA

Instruções de coleta
Análise citomorfológica:
Sangue total em EDTA:
Realizar coleta utilizando material e tubo de coleta recomendado para o exame, homogeneizar e acondicionar corretamente.
Lâmina:
Enviar 2 extensões sanguíneas, preferencialmente confeccionadas no momento da coleta, sem anticoagulante. Identificar as lâminas com nome completo do paciente, sendo conveniente que o primeiro nome seja escrito por extenso. As lâminas devem ser enviadas sem corar, em temperatura ambiente e individualmente em porta lâmina ou semelhante.

Instruções de distribuição
Transportar refrigerado (2°C a 8°C).
  

Instruções de estabilidade
A amostra é estável por 24 horas em temperatura ambiente ou por até 48 horas refrigerada entre 2°C e 8°C.
 

Instruções de rejeição
Amostras recebidas diferente das condições solicitadas em guia e amostras com hemólise grau I.

Interpretação
O leucograma engloba os vários tipos de células nucleadas comumente circulantes: granulócitos (principalmente neutrófilos maduros, basófilos e eosinófilos), linfócitos e monócitos. Alguns diagnósticos diferenciais estão comumente associados com determinadas alterações no leucograma, como por exemplo, infecção/inflamação com neutrofilia, reações alérgicas e infecções parasitárias com eosinofilia. Além disso, os aumentos podem ser resultantes de um processo benigno (por exemplo, infecção) ou maligno (por exemplo, leucemia). Ocasionalmente plasmócitos podem
ser encontrados no sangue periférico.