CÓDIGO: HVM
EXAME: HEPATITE E – ANTICORPOS IGM
SINÔNIMOS: CBHPM – 4033404

MATERIAL: SORO
MEIO(S) DE COLETA: Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)

PRAZO: 17 dias úteis
MÉTODO: ENZIMAIMUNOENSAIO

Instruções de coleta
Realizar coleta utilizando material e meio de coleta adequados. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra e acondicionar corretamente.
 

Instruções de distribuição
Transportar refrigerado (2°C a 8°C).
  

Instruções de estabilidade
A amostra é estável por 5 dias refrigerada entre 2°C e 8°C ou por até 30 dias congelada a -20°C.
 

Instruções de rejeição
Amostras hemolisadas, lipêmicas ou com contaminação bacteriana serão rejeitadas.

Interpretação
A hepatite E tem uma ocorrência rara no Brasil e é mais comum na Ásia e África. Considerada uma doença infecciosa viral, transmitida por contágio fecal-oral, contato entre indivíduos ou por água ou alimentos contaminados pelo vírus. Geralmente é assintomática, porém quando aparecem, cerca de 15 a 60 dias após a infecção, os mais frequentes são tontura, enjoo, cansaço, dor abdominal, febre, icterícia em peles e olhos, urina escura e fezes claras. A hepatite E não se torna crônica. Porém, mulheres grávidas que foram infectadas pelo vírus da hepatite E podem apresentar formas mais graves da doença. A pesquisa de anticorpos IgG contra o vírus da hepatite E é indicativa de infecção passada pelo vírus, está presente na fase de convalescência e persiste indefinidamente.