CÓDIGO: HTLV
EXAME: HTLV I/II – ANTICORPOS
SINÔNIMOS: CBHPM – 40307212

MATERIAL: SORO
MEIO(S) DE COLETA: Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)

PRAZO: 2 dias úteis
MÉTODO: QUIMIOLUMINESCÊNCIA

Instruções de preparo
Jejum: Aconselhável de 4 horas.

Instruções de coleta
Tubo seco:
Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame.
Tubo com gel separador:
Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. Após este período, centrifugar a amostra para obtenção do soro (sobrenadante) e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame.

Instruções de distribuição
Transportar refrigerado (2°C a 8°C).
  

Instruções de estabilidade
A amostra é estável por até 14 dias refrigerada entre 2°C e 8°C.
 

Instruções de rejeição
Amostras recebidas diferente das condições solicitadas em guia.

Interpretação
O Vírus Linfotrópico para células T Humanas (HTLV), pertence à família dos retrovírus. As vias de transmissão deste vírus incluem: aleitamento materno, contato sexual sem proteção, transfusão de sangue e compartilhamento de seringas contaminadas. Existem dois subtipos capazes de infectar seres humanos, o HTLV-I e HTLV-II. O tipo I é endêmico na região do Caribe, Japão, América do Sul e partes da África, o tipo II é encontrado em alguns grupos nativos americanos. O HTLV pode ocasionar sérias patologias ao portador: Paraparesia Espástica Tropical ou Mielopatia associada ao HTLV (PET/MAH), Leucemia-Linfoma de Células T do adulto (LLCTA). Além destas doenças o HTLV também pode estar relacionado à Dermatite Infecciosa, Artropatia, Uveíte e a Síndrome de Sjögren.