CÓDIGO: HBCM
EXAME: HEPATITE B-ANTI – HBC IGM
SINÔNIMOS: CBHPM – 40306968

MATERIAL: SORO
MEIO(S) DE COLETA: Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)

PRAZO: 2 dias úteis
MÉTODO: QUIMIOLUMINESCÊNCIA

Instruções de preparo
Jejum: Jejum aconselhável de 4 horas.
 

Instruções de coleta
Tubo seco:
Realizar coleta utilizando tubo seco. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra, separar o soro e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame.
Tubo com gel separador :
Homogeneizar imediatamente após a coleta e manter o tubo em repouso verticalmente para a completa retração do coágulo em temperatura ambiente, para evitar hemólise. Após este período, centrifugar a amostra a a 3000 rpm por 10 minutos,  para obtenção do soro (sobrenadante) e acondicionar corretamente conforme estabelecido para o exame

Instruções de distribuição
Transportar refrigerado (2°C a 8°C)
 

Instruções de estabilidade
A amostra é estável por até 7 dias refrigerada entre 2°C e 8°C
 

Instruções de rejeição
Amostras recebidas diferente das condições solicitadas em guia.

Interpretação
Anticorpos IgM anti-HBc para o vírus da Hepatite B (HBV) ocorrem no soro durante a proliferação ativa do vírus e podem ser detectados por semanas ou mesmo meses após a proliferação viral terminar. Altos níveis de anticorpos IgM anti-HBc são detectados em pacientes com infecção aguda pelo vírus da hepatite B (HBV). Na fase de convalescença, os anticorpos IgM anti-HBc persistem após o desaparecimento do HBsAg e diminuem aos poucos com o tempo. Na ausência de informações sobre qualquer outro marcador do HBV, deve-se considerar que indivíduos com níveis detectáveis de anticorpos IgM anti-HBc podem estar ativamente infectados pelo HBC ou que a infecção pode ter sido resolvida. Os anticorpos IgM anti-HBc também podem ser encontrados em pacientes com hepatite B crônica.