CÓDIGO: EBV
EXAME: EPSTEIN BARR –  DETECÇÃO POR PCR

MATERIAL: DIVERSOS
MEIO(S) DE COLETA: Sangue total: Tubo com EDTA (roxo) ou Plasma: Tubo PPT (pérola)

PRAZO: 5 dias úteis
MÉTODO: PCR EM TEMPO REAL

Instruções de coleta
Realizar coleta utilizando material e meio de coleta adequados, homogeneizar e acondicionar corretamente.
 

Instruções de distribuição
Transportar refrigerado (2 a 8°C). Acondicionar o material nas bags (bolsas) roxas disponibilizadas pelo DB, pois possibilitam o envio direto dos exames, maior segurança e estabilidade das amostras.
 

Instruções de estabilidade
A amostra é estável por 7 dias refrigerada entre 2°C e 8°C.
 

Instruções de rejeição
Presença de coágulo ou hemólise grosseira, amostras fora da estabilidade, quantidade de amostra insuficiente, avarias no tubo e/ou recipiente do material enviado, tubo com anticoagulante ou conservante inadequado, amostra sem identificação.

Interpretação
O Vírus Epstein-Barr (EBV) é um y-herpesvírus, com genoma de DNA de dupla fita presente em mais de 90% da população do mundo, provocando na maioria dos indivíduos uma infecção assintomática ao longo da vida. Embora a maioria das infecções primárias por EBV sejam assintomáticas, o vírus é o principal fator predisponente para o desenvolvimento de ampla gama de alterações linfoproliferativas de células B (linfoma de Burkitt, carcinoma nasofaríngeo, e linfoma Hodgkin e não-Hodgkin), principalmente em indivíduos imunocomprometidos (como receptores de transplante e pacientes portadores de HIV). A detecção precoce do EBV é crucial para o manejo eficaz de pacientes sob terapia imunossupressora após transplantes e em situações de doença imunoproliferativa.