CÓDIGO: CUSTM
EXAME: CULTURA E ANTIBIOGRAMA – ASPIRADO TRAQUEAL
SINÔNIMOS: CBHPM – 40310124, CULTURA DE ASPIRADO TRAQUEAL

MATERIAL: ASPIRADO TRAQUEAL
MEIO(S) DE COLETA: Frasco estéril

PRAZO: 7 dias úteis
MÉTODO: CULTURA EM MEIOS ESPECÍFICOS

Instruções de preparo
Medicação: De acordo com orientação médica.
 Outros: Não encaminhar swab de secreção traqueal.
 

Instruções de coleta
Amostra coletada através de procedimento médico. As amostras são obtidas por meio de sonda de aspiração de pacientes intubados e em uso de aparelhos de respiração mecânica. A coleta deve ser realizada em frasco estéril acoplado a um sistema de sucção. 
 

Instruções de distribuição
Frasco estéril: Transportar refrigerado (2°C a 8 °C).

Instruções de estabilidade
Frascos estéril: A amostra é estável por até 24 horas refrigerada entre 2°C e 8°C.

Instruções de rejeição
Amostras  sem identificação, amostras enviadas em swab, com exceção de pacientes com fibrose cística, que neste caso deverá ser cadastrado como CULEFC – CULTURA RESPIRATÓRIA PARA FIBROSE CÍSTICA.
Amostras que não venham nas condições estabelecidas em guia.

Interpretação
As infecções do trato respiratório inferior incluem um grande numero de etiologias, principalmente virais e bacterianas, variando clinicamente desde bronquites até quadros graves de pneumonias. Entre os agentes etiológicos bacterianos mais frequentemente isolados em pacientes com pneumonia comunitária, destaca-se o Streptococcus pneumoniae, Haemophilus influenzae, Staphylococcus aureus, Moraxella catarrhalis. Nas pneumonias de origem hospitalar, os agentes mais frequentemente isolados são: Klebsiella pneumoniae, Escherichia coli, Enterobacter spp., Pseudomonas aeruginosa, Acinetobacter baumannii, e Staphylococcus aureus.