CÓDIGO: CULTM
EXAME: CULTURA E ANTIBIOGRAMA – OUTROS MATERIAIS
SINÔNIMOS: CBHPM – 40310124

MATERIAL: DIVERSOS
MEIO(S) DE COLETA: Meio de transporte Stuart, frasco estéril

PRAZO: 7 dias úteis
MÉTODO: CULTURA EM MEIOS ESPECÍFICOS

Instruções de preparo
Medicação: De acordo com orientação médica.
 

Instruções de coleta
– Lesões aberta: Descontaminar as margens e a superfície da lesão com clorexidina aquosa 2% ou solução de PVPI a 10% não alcoólico ou solução fisiológica estéril. Coletar amostras localizada na parte mais profunda da lesão utilizando de preferência uma seringa e agulha. Se não for possível a coleta por punção, utilizar Swab. Enviar em meio de transporte devidamente identificado.

– Abscesso fechado e nódulos: Não utilizar Swab para coletar este material. Fazer antissepsia com clorexidina aquosa 2% ou álcool 70%, aspirar o exsudato com agulha e seringa. Se não houver material suficiente para aspiração pode-se tentar o uso de um swab após a perfuração. Fazer cuidadosamente raspagem nas partes internas do abcesso e colocar o swab em meio de transporte.

– Pústula e vesícula: Selecionar uma pústula integra. Fazer antissepsia com clorexidina aquosa 2% ou álcool 70% e puncionar.

– Biópsia e fragmentos: O Material deverá ser obtido em condições assépticas e ser representativo da lesão e em quantidade suficiente para realização do exame de cultura. Transportar em frasco estéril.

Instruções de distribuição
Transportar em temperatura ambiente.
 

Instruções de estabilidade
A amostra é estável por até 24 horas em temperatura ambiente.
 

Instruções de rejeição
Amostras sem identificação,  frascos vazados, amostras contaminadas (placas semeadas), amostras enviadas em meio Cary Blair, amostras recebidas em swab sem meio de transporte ou sem o swab inserido, raspado de unha ou de pele e materiais contendo formol. Em caso de amostras que possuem mnemônico específico, o cadastro será alterado sem aviso prévio. Sendo assim, especificar corretamente o material enviado.

Interpretação
Qualquer bactéria isolada em quantidade abundante e com crescimento único deve ser valorizado, a princípio. Para líquidos estéreis valorizar também quantidades menores de micro-organismos (moderado e até escasso).

Utilizar este mnemônico quando para o material a ser coletado não constar nenhuma cultura específica para o cadastro.