CÓDIGO: CULEM
EXAME: CULTURA E ANTIBIOGRAMA – ESCARRO
SINÔNIMOS: CBHPM – 40310124

MATERIAL: ESCARRO
MEIO(S) DE COLETA: Frasco estéril

PRAZO: 7 dias úteis
MÉTODO: CULTURA EM MEIOS ESPECÍFICOS

Instruções de preparo
Medicação: De acordo com orientação médica.

Instruções de coleta
Escarro:
A coleta de escarro deve ser realizada preferencialmente de manhã ao se levantar, antes da higiene oral e do desjejum. Lavar várias vezes a boca com água pura, gargarejando e bochechando abundantemente. Fazer várias inspirações profundas e tossir várias vezes procurando obter o material do fundo do peito. Recolher este material no frasco fornecido pelo laboratório, fechando-o logo após a coleta. É muito importante que o escarro não seja confundido com saliva ou com material do nariz.

Instruções de distribuição
Amostra: Transportar refrigerado (2°C a 8°C).
 

Instruções de estabilidade
A amostra é estável por até 24 horas refrigerada entre 2°C e 8°C.
 

Instruções de rejeição
Amostras sem identificação, amostras recebidas em frasco estéril contendo muita saliva, frasco estéril recebido seco/vazado, amostras colhidas em swab e amostras que não venham nas condições estabelecidas no guia.

Interpretação
O exame microbiológico do escarro traduz a natureza da anormalidade presente nos pulmões e pode contribuir de forma decisiva para o diagnóstico de um grande número de pneumonias, porém este material pode ser invariavelmente contaminado por bactérias da microbiota normal do trato respiratório superior. A quantidade de micro-organismos, bem como o número de espécies isoladas pode auxiliar na análise clínica para definir entre contaminação ou infecção.
Dentre os micro-organismos pesquisados, os mais frequentes são:
Comunitários:
Streptococcus pneumoniae;
Staphylococcus aureus;
Haemophilus influenzae;
Moraxella catarrhalis.
Hospitalares:
Pseudomonas aeruginosa;
Klebsiella pneumoniae;
Acinetobacter baumanii.