CÓDIGO: CUBAM
EXAME: CULTURA – BAAR
SINÔNIMOS: CBHPM – 40310124, CULTURA DE BK, CULTURA PARA TUBERCULOSE

MATERIAL: DIVERSOS
MEIO(S) DE COLETA: Frasco estéril

PRAZO: 8 dias úteis
MÉTODO: CULTURA EM MEIOS ESPECÍFICOS

Instruções de preparo
Medicação: De acordo com orientação médica.
 Outros
:
– Amostras de fezes não devem ser utilizadas para baciloscopia e nem para cultura, uma vez que esse material apresenta com muita frequência resultado falso positivo. O diagnóstico da TB intestinal é realizado por meio de biópsia.

*Não processamos em urina de 24 horas.

**Informamos que, a partir de 14/05/2018, por uma determinação da Vigilância Sanitária, não aceitaremos cepas já crescidas encaminhadas em qualquer meio sólido específico para cultura de Micobactéria (Meio de Ogawa Kudoh e Meio de Lowenstein).
Aceitaremos apenas o material biológico destinado à pesquisa e cultura de Micobactéria. Este deve vir acondicionado em frasco estéril.
Jejum: De acordo com orientação médica.
 

Instruções de distribuição
Transportar refrigerado (2°C a 8°C).
  

Instruções de estabilidade
Estabilidade CUBAR:
Escarro:estável por até 48 horas refrigerada entre 2°C e 8°C.
Demais amostras: estável por até 24 horas refrigerada entre 2°C e 8°C.
 

Instruções de rejeição
Biópsias encaminhadas em formol; urina de 24 horas; frasco seco, quebrado ou vazado; escarro coletado durante 24 horas; amostras que permaneceram em temperatura ambiente por mais de 4 horas; amostras enviadas em Swab.
 
Interpretação
A tuberculose pulmonar continua sendo um sério problema de saúde pública. A chave para o controle da tuberculose pulmonar é a rápida detecção e a cura de casos novos. O diagnóstico definitivo depende do isolamento e identificação do agente etiológico, o Mycobacterium tuberculosis; sendo que as medidas de controle, principalmente no que diz respeito à terapêutica, dependem dos resultados dos testes de sensibilidade aos quimioterápicos utilizados no tratamento.