CÓDIGO: CROMA
EXAME: CROMOGRANINA A

MATERIAL: SORO CONGELADO
MEIO(S) DE COLETA: Tubo seco (vermelho) ou Gel separador (amarelo)

PRAZO: 20 dias úteis
MÉTODO: RADIOIMUNOENSAIO

Instruções de coleta
Realizar coleta utilizando material e meio de coleta adequados. Após retração completa do coágulo, centrifugar a amostra e acondicionar corretamente.
 

Instruções de distribuição
Transportar congelado (-20°C).
 

Instruções de estabilidade
A amostra é estável por até 3 meses congelada a -20°C.
 

Instruções de rejeição
Amostras com volume inferior ao solicitado, hemolisadas, lipêmicas, ou armazenadas incorretamente serão rejeitadas.

Interpretação
A cromogranina A é a principal proteína ácida solúvel do grânulo de cromofina, também chamada de secretogranina I. É liberada da medula adrenal juntamente com as catecolaminas mediante estimulo nervoso. Entretanto, não está restrita a células cromofinas da medula adrenal e neurônios simpáticos, estando também presente em vários tecidos neuroendócrinos. Níveis séricos elevados de cromogranina A são considerados um marcador para tumores de origem neuroendócrina. No entanto, a utilização clínica mais significativa da cromogranina A está relacionada com o procedimento de diagnóstico em pacientes com feocromocitoma. Os medicamentos normalmente usados no diagnóstico ou tratamento do feocromocitoma têm pouco efeito no nível plasmático da cromogranina A, e por isto, sua dosagem é vantajosa quando comparada à das catecolaminas.