CÓDIGO: CMPCR
EXAME: CITOMEGALOVÍRUS – DETECÇÃO POR PCR
SINÔNIMOS: CBHPM – 40314022

MATERIAL: DIVERSOS
MEIO(S) DE COLETA: Sangue total: Tubo com EDTA (roxo) – 2 mL
Plasma: Tubo PPT (perolado) – 2 mL
Urina: Frasco estéril – 10 mL
Líquor: Frasco estéril – 1 mL

PRAZO: 6 dias úteis
MÉTODO: PCR EM TEMPO REAL

Instruções de coleta
Coletar sangue total em tubo com anticoagulante EDTA. Após a coleta do material, manter o tubo sob refrigeração. 

Instruções de distribuição
Transportar refrigerado (2 a 8°C). Acondicionar o material nas bags (bolsas) roxas disponibilizadas pelo DB, pois possibilitam o envio direto dos exames, maior segurança e estabilidade das amostras.
 

Instruções de estabilidade
A amostra é estável por até 3 dias refrigerada entre 2°C a 8°C.
 

Instruções de rejeição
Amostras fortemente hemolisadas, com volume insuficiente, coletadas em meio de transporte inadequado (por exemplo tubo com heparina), extravasadas ou não identificadas serão rejeitadas.

Interpretação
O Citomegalovírus (CMV) pertencente à família Herpesviridae, pode ser transmitido através do sangue, fluídos corporais ou órgãos transplantados sendo hoje considerado o agente de maior importância em infecções congênitas no homem. O vírus está presente na maior parte da população sem morbidade significante em indivíduos imunocompetentes. No entanto, este risco é aumentado na presença de imunossupressão, como por exemplo em transplantados e infectados pelo HIV. Para estes casos, o monitoramento dos níveis virais é fundamental para diferenciar a infecção da doença ativa. Este teste também pode confirmar infecções no recém-nascido nas três primeiras semanas de vida. O teste qualitativo é utilizado quando há a suspeita de infeccção ativa ou prévia pelo CMV.  

Esse guia de exames foi útil?