CÓDIGO: ARSI
EXAME: ARSÊNIO URINÁRIO INÍCIO DE JORNADA DE TRABALHO

MATERIAL: URINA INÍCIO DA JORNADA DE TRABALHO
MEIO(S) DE COLETA: Frasco estéril

PRAZO: 8 dias úteis
MÉTODO: ESPECTROMETRIA DE MASSAS COM PLASMA INDUTIVAMENTE ACOPLADO – ICP/MS

Instruções de preparo
Dieta: Não ingerir frutos do mar três dias antes da coleta.
 

Instruções de coleta
Coleta ARSI:
Coletar urina do início do último dia da jornada de trabalho (recomenda-se evitar o primeiro dia de jornada da semana). Manter amostra refrigerada desde o momento da coleta.
Durante o cadastro do exame serão geradas duas etiquetas, uma para análise do ARSI e outra para realização da creatinina urinária. As duas amostras deverão ser encaminhadas ao laboratório para o processamento do exame.
Não utilizar luvas de latex para manipular amostras e materiais para análise de metais.
Retirar a roupa ou uniforme contaminado antes da coleta.

Instruções de distribuição
Transportar refrigerado (2°C a 8°C).
  

Instruções de estabilidade
A amostra é estável por até 5 dias refrigerada entre 2°C e 8°C.
 

Instruções de rejeição
Amostras sem identificação, inadequadas, insuficientes, recipiente aberto ou danificado serão rejeitadas.

Interpretação
O Arsênio é empregado na metalurgia de minérios arsenicais, na indústria farmacêutica e eletrônica, na produção de vidros, tintas, lacas (gás arsina), pesticidas: raticidas, parasiticidas, inseticidas e herbicidas, ligas com chumbo, pigmentos cromáticos, como agentes de descoloração do bronze, na estamparia de tecidos, preservação de peles e plumas, contimentos e/ou taxidermia. Processos industriais com desprendimento de arseniato de hidrogênio.  Em animais e plantas, o arsênio combina-se com carbono e hidrogênio formando os compostos de arsênio orgânico. Os compostos de arsênio inorgânico são usados principalmente como preservativos para madeira enquanto os compostos de arsênio orgânico são usados como pesticidas.