CÓDIGO: ANFET
EXAME: ANFETAMINA
SINÔNIMOS: CBHPM – 40301338

MATERIAL: URINA
MEIO(S) DE COLETA: Frasco estéril

PRAZO: 3 dias úteis
MÉTODO: IMUNOCROMATOGRAFIA

Instruções de preparo
A urina deve ser coletada em um recipiente limpo e seco. A urina coletada em qualquer momento do dia pode ser utilizada.
 

Instruções de distribuição
Transportar refrigerado (2°C a 8°C).
  

Instruções de estabilidade
A amostra é estável por até 48 horas refrigerada entre 2°C e 8°C ou por períodos maiores congelada à -20°C.
 

Instruções de rejeição
Amostra sem identificação, inadequada, insuficiente, com indícios de contaminação evidente, recipiente aberto ou danificado serão rejeitadas.

Interpretação
Os anfetamínicos são protótipos de uma classe de compostos não catecolamínicos que produzem acentuada ação estimulante no Sistema Nervoso Central, sendo esta mais persistente do que a da cocaína. O termo anfetaminas engloba várias drogas, sendo a anfetamina e a metanfetamina (derivado n-metil da anfetamina) estimulantes do SNC. Em 24 horas, cerca de 79%
da dose é excretada na urina ácida e cerca de 45% em urina alcalina. A metanfetamina é excretada inalterada na urina (44%) com uma pequena fração de anfetamina (6%). O imunoensaio utilizado no teste de triagem detecta a anfetamina e metanfetamina na urina, fornecendo resultados qualitativos. Os resultados dos testes de triagem se tornam positivos dentro de 3 horas após o uso de anfetamina ou metanfetamina, e indicam uso de anfetaminas nas 24 a 48 horas prévias. Descongestionantes nasais contendo efedrina, fenilpropanolamina, e outras drogas lícitas fenfluramina, mefetermina, fenmetrazina, fentermina, clorpromazina, metoxifenamina, quinacrina, ranitidina, isometeptina e procaína também podem produzir resultados positivos nos testes de triagem de anfetaminas.Teste positivo também ocorre com o consumo de MDMA (Ecstasy).